segunda-feira, 14 de maio de 2012

Tutorial de relacionamento com sogras


     Um relacionamento amoroso depende de vários fatores pra dar certo. Eu fiz uma pesquisa com 40 pessoas de diferentes níveis econômicos e de 7 cidades de diferentes (a maioria de Salvador) sobre o assunto. Cheguei a três conclusões interessantes:

     1. As pessoas são tolerantes e agradáveis com os estranhos e maltratam os que mais amam. – Talvez porque, com os desconhecidos, as pessoas não se sintam a vontade pra dizer o que pensam.
     2. Aproximadamente 30% dos entrevistados afirmam ter um relacionamento estável e os outros 70%, que não estão tão contentes, confirmam a participação ativa das sogras em suas vidas. – Será  coincidência?
    3. Dentre os que representam aqueles 30% que dizem estar num relacionamento estável, 75% moram longe da sogra ou a coitada já bateu as botas.

      Os resultados tendem a demonstrar influência negativa da maioria das sogras na vida de um casal. Por isso, através dessa mesma pesquisa, resolvi buscar as soluções junto as pessoas que afirmam passar por este empasse. Avaliamos os problemas e, depois de muita discussão, chegamos a algumas possíveis soluções. As melhores serão colocadas abaixo.
Obs.: Durante a postagem, aparecerão algumas frases em negrito ditas pelos entrevistados que merecem destaque e demonstram como está a situação deles com suas sogras.

      Soluções para um bom relacionamento com sua sogra:

- O primeiro passo é conformar-se com o fato de que você vai ter a sogra no seu pé pro resto da vida, por mais desgraçada que essa possibilidade possa parecer. A situação pode piorar se você tiver uma boa namorada ou casar-se com uma boa esposa porque, de acordo com minha pesquisa, as melhores filhas trazem as piores sogras. É uma compensação natural. Isso porque as boas filhas são mais próximas da mãe e, pra desgrudar, é difícil.

“Mulher é a coisa que mais gosto no mundo. Eu só não tenho duas mulheres porque assim eu teria que ter duas sogras.”

- Se sua sogra te disser algo desagradável, tente mostrar pra ela que você não está ligando. Respire fundo, não mude o semblante e tenha jogo de cintura. Com o tempo ela vai acabar desistindo.
- De um determinado ponto de vista, a família tem um peso muito grande pra você cair na asneira de pedir para que seu companheiro (a) tenha que escolher entre você e sua sogra. Não significa que você seja menos importante, mas é que são relacionamentos totalmente diferentes.

“Eu só conheço uma sogra boa: a sogra da minha esposa.”

Dê a sua sogra um motivo pra sorrir:
Pague o plano ortodôntico dela!
- Mesmo que isso possa parecer mais doloroso que um chute no saco, faça visitas a sua sogra, para almoçar ou simplesmente vê-la. Você vai ganhar pontos com sua esposa e, sendo otimista, você pode ganhar até a simpatia da sogra, podendo assim evitar uma dose maior do veneno da cobra. Já que ela vai à sua casa de qualquer jeito, é bom estar habituado ao território inimigo.
- Quando é pra levar a sogra na rodoviária ou no aeroporto, todo genro fica feliz. Agora está na hora de leva-la para lugares que a agrade. Leve-a para almoçar num restaurante ou dê uns presentes (presente mesmo, nada de “Cavalo de Tróia”), todo mundo gosto de uns agrados.


“Eu levo minha sogra pra tudo quanto é canto, mas ela sempre volta.”

- Dessa dica muita gente vai gostar: Escute tudo que sua sogra disser sobre sua vida conjugal. Deixe-a falar até a saliva secar e o atrito com a língua queimar o céu da boca. Concorde com tudo. Depois ignore e faça tudo do seu jeito. Você está casado(a) ou namorando com o filho(a) dela e não com ela.



“Minha sogra fala tanto, que quando ela vai à praia volta com a língua bronzeada.”

- Preserve sua privacidade. A intimidade do casal também deve ser preservada ou você pode estar deixando sua sogra se meter demais na sua vida. Evite, de forma branda. Se Deus não deu asa à cobra, não será você quem vai dar.

Espero que essas dicas ajudem a você a se relacionar bem com a sua sogra, para que você não precise sempre vê-la como um castigo e mantenha a harmonia entre você e a família de seu marido ou esposa. Mas se você é daqueles que não faz muita questão de fazer amizade com a sogra, aprenda com esse garoto no vídeo abaixo. Ele mostra direitinho como é que se faz.



7 comentários:

  1. ahuhauhaahau ri muito com o vídeo.
    Olha graças a Deus nunca tive problemas com minha sogra e meu namorado também não tem com minha mãe (apesar de abusar muito ela rsrs). Quando a sogra fica agindo como bruxa acho que é porque o filho(a) não deu um basta. só reclamar com a mãe, mas continuar pedindo a ela coisas que seu companheiro poderia fazer só reforça os pensamentos maldosos da véia rsrs.
    agora é como meu prof de geografia dizia:_ se a "véia" for muito chata qdo ela morrer enterra de cabeça pra baixo por se ela ressuscitar ela vai cavar e vai afundar ainda mais.
    maldades hauhaua que horror

    ResponderExcluir
  2. Não se sinta maldosa, meu texto todo foi cruel com as sogras. Concordo que o filho tem que dar um basta, mas ele tem que saber como fazer isso sem magoar a coroa.

    ResponderExcluir
  3. Damasceno, como sempre darei a minha opinião de forma direta.
    Acho que um blogueiro não pode generalizar as coisas desse jeito. Há sogras, e sogras .. Tendo eu, uma personalidade super forte - e difícil- eu convivo muitíssimo bem com a minha sogra. Na verdade, é uma das melhores pessoas que eu já conheci! Acho que tudo depende da maturidade de cada um dos envolvidos para superar as intempéries. :)
    Acho que com jeito, tudo se resolve!

    ResponderExcluir
  4. Concordo. Mas eu não generalizei. Esse texto tece todo o seu conteúdo baseado numa pesquisa de campo. Pode ser que a pesquisa tenha apresentado resultados diferentes do que acontece com a maioria das pessoas... ou pode ser que que vc não está acostumada a ver os resultados da pesquisa. Mas eu agradeço a opinião. Eu gosto de comentários assim: DIRETOS, OBJETIVOS E CRÍTICOS, pq essa é a cara do Blog.

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkk... Diiii... amei o vídeo e o conteudo super real, logico que existe exceção (casos rarissimos).
    Cada um sabe o que passa com a sogra ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. é verdade algumas coisas , mas acredito que ainda existe uma "boa sogra" rs ~

    ResponderExcluir

Google+ Followers

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...